Na canora do Dia da Consciência Negra, Fernando Roiz e Rangel Andrade batem um papo no Happy Hour sobre a diversidade de raças no Brasil e a desvalorização daqueles que construíram e ainda constróem a história do país.